BEM-VINDOS, TIJOLINHOS!

Vamos construir juntos esse espaço de convivência e troca de figurinhas sobre artesanato, cinema, livros, decoração, filhos, jardinagem, horticultura e tudo mais de bom que possa surgir!


terça-feira, 2 de março de 2010

CHEGUEI!


Oi, eu sou o ESPETO! Por quê meu nome é esse? Porque adoro me esconder dentro da churrasqueira... Fui adotado primero pela Suzan (que no começo achava que eu era fêmea e me chamou de Valentina), e como ela já tem 4 cachorros, duas gatas e um periquito, precisei de uma nova família com um zoológico menor. Agora eu moro com os Meiras, que têm um "companheiro" pra mim, o Teco. Ele ainda não me aceitou direito, mas está tentando. Temos uns quatro anos de diferença, daí a dificuldade. Ele ainda se acha muito "gato" pra ser meu tiozão... A coelha, a Holly, também está meio desconfiada. Acha que vou bagunçar o coreto dela, pois sou muito curioso e não perco a chance de entrar na gaiola quando ela sai pra tomar a fresca no azulejo! Tenho que respeitar pois é a anciã do zoo, com uns oito anos! As duas jabotas, Tutu e Blastoise, estavam muito apertadas na antiga casa... Nem cheguei a conhecê-las, pois a Suzan resolveu que pra compensar a saudade que teria de mim e de minhas duas irmãzinhas que também serão adotadas, nada como bichos novos, de preferência resistentes a dentadas de cachorros! Resultado: No dia que cheguei nos Meiras, as cascudas foram pra Suzan, e lá vão morar com o Otto, o cachorro mais novo da casa, até terminar a reforma que estão fazendo no quintal. Aí elas irão ter um terrenão daqueles pra passear e se enterrar quando quiserem. Pois é, quando vierem me visitar, eu vou avisando: cuidado onde pisam, humanos! Sou pequenininho e magrinho, apesar de comer como um leão... Minha cor é difícil de notar à noite, portanto, mais cuidado ainda nesse horário. Meu novo dono já cortou minhas unhas, mas elas ainda são bem fininhas, danadas pra arranhar sem querer. Já estou vermifugado e tomei banho de algodãozinho molhado, de forma que posso receber carinhos sinceros. Por enquanto estou morando nos fundos, pois ainda não sou castrado (ai!) e não conheço bem meus limites, podendo incomodar os vizinhos e demarcar território onde não devo... Como ainda sou leite ninho, todo mundo tem muita paciência comigo, e eu REALMENTE tomo leite com minha ração sequinha, hehehe.
Miau pra todos!

3 comentários:

Mãe dos filhos disse...

kkkkkkk
MEDO!

Chantal disse...

Que coisa mais fofaaaaaaaaaaa

que foto OTIMA !!

Eu queria ter um gato mas acredito que a minha cadela Doly ira matá-lo. Ela não tolera gatos.

Beijos

DRICA disse...

Vc tem certeza que isso é um gato??? aiiiiii q medo!

rss brincadeirinha!